Em que ano Adão nasceu?

Você sabia que atualmente o calendário judaico é contato a partir da criação do homem? Ou no caso, do nosso coleguinha Adão?

É por isso que no post de hoje eu quero ensinar para vocês como calcular em que ano Adão “nasceu”.

Para fazer os cálculos mirabolantes, estarei usando como base o livro “Gênesis 1 & 2”, do Professor (genial) Adauto Lourenço.

Você deve estar se perguntando: “Mas Naty, como é que conseguiram descobrir quando o Adão nasceu? Isso não é impossível?”

A resposta é NÃO, meu pequeno gafanhoto e gafanhota. A resposta está na própria Bíblia.

E como é que nós fazemos essa conta?

Bom, vamos começar pelo mais fácil: o ano em que estamos.

No dia em que este post está sendo escrito, estamos vivendo no ano de 2020 depois de Cristo.

Então guardem aí o número dois mil e vinte.

Agora, como saber quantos anos ANTES de dois mil e vinte temos que somar?

Pra isso, nós vamos ter que viajar bastaaante no tempo, lá pra antes do dilúvio, na Era Pré-Diluviana.

Primeiro, nós vamos descobrir em que ano ocorreu o dilúvio, contando do dia em que o senhorito Adão nasceu.

E pra isso, nós vamos pegar a idade que Noé tinha quando começou o dilúvio e somar com as idades que os seus antepassados tinham quando nascia um certo filho de cada um.

Tá confuso de entender? Eu sei, eu também sou de humanas… Mas vamos agradecer aos nossos amigos e amigas de exatas que descobriram como fazer essa contas pra nós.

Vai ficar mais simples, veja:

Noé tinha 600 anos quando começou o dilúvio. Agora, vamos pegar a idade que os antepassados de Noé tinham quando cada um desses filhos nasceu.

Essas informações você encontra em Gênesis 5. Não falei que as respostas estavam na própria Bíblia?

Beleza, então… Olhando aí em Gênesis 5, quantos anos Adão tinha quando nasceu seu filho Sete? 130 anos!

Quantos anos tinha Sete quando nasceu Enos? 105.

E seguindo por essa sequência nós temos os seguintes números pra nossa continha:

Adão (130) + Sete (105) + Enos (90) + Cainã (70) + Maalalel (65) + Jarede (162) + Enoque (65) + Matusalém (187) + Lameque (182)…

E finalmente, acrescentamos os 600 anos de vida de Noé, que era a idade que ele tinha quando aconteceu o dilúvio, informação esta que você pode encontrar em Gênesis 7 verso 6.

E você pode conferir aí comigo que a soma de tudo isso é: 1656 anos.

Essa é data em que aconteceu o dilúvio a partir da criação de Adão: Ano 1656.

“Que legal, Naty! Agora é só somar 1656 com 2020 pra gente descobrir o ano em que Adão nasceu?”

Ainda não, mas estamos quase lá!

Usando esse mesmo método que a gente acabou de fazer para descobrir o ano do dilúvio, a gente consegue descobrir o ano em que Abraão nasceu, que é entre o ano 1946 e 1948. Mas vamos usar o ano 1948.

E segundo a tradição judaica, Abraão teria vivido entre 1812 e 1637 antes de Cristo.

É muito número, né gente? Eu sei, mas estamos quase lá, vocês estão indo muito bem. Agora fica fácil!

Vejam bem, nós temos 1948 anos desde Adão até Abraão, ok?

Agora, nós temos o nascimento de Jesus, ano zero novamete. Agora, vamos voltar 1812 anos (lembra que a conta é inversa para os anos Antes de Cristo).

E agora, nós vamos juntar essas duas partes pra saber quantos anos antes de Cristo até Adão nós temos

Então, 1948 + 1812 = 3760 anos antes de Cristo.

Agora sim, nós vamos somar 3760 (anos Antes de Cristo) com 2020 (anos Depois de Cristo), o que dá um total de 5780 anos.

Então, nosso amigo Adão nasceu há 5780 anos.

Se você gostou desse post, compartilhe no Facebook e no WhatsApp e se inscreva no canal se você quer saber de mais curiosidades sobre a Bíblia.

Lembrando que se você quiser comprar esse livro onde eu aprendi como fazer essa conta louca, usando esse link aqui, vocês estarão ajudando o site a crescer e a sempre trazer conteúdo de qualidade!

Deixe nos comentários a sua reação ao descobrir há quantos anos o Adão nasceu, quero saber o que vocês acharam!

E se você leu esse post até o final, comenta aqui embaixo “Eu sei quando Adão nasceu!”, pra eu saber se você faz parte do grupo de pessoas curiosas e aventureiras!

Muito obrigada, até a próxima e SHALOM!

Deixe uma resposta para Nathalia Barbosa Cancelar resposta